Paragem na antiga estação de Curalha

A Estação Ferroviária de Tâmega em Curalha é uma das estações antigas da Linha do Corgo mais bem preservadas. Cada vez que eu passo por aí, eu quero parar. Curalha, esta bela aldeia tem tudo por ela: um castro, o pinheiro-manso, a antiga via romana XVII, uma larga zona de terras férteis para agricultura, o rio Tâmega, moinhos, bonitas casinhas e igreja e obviamente, a estação que fixou em 1990. A estação foi adquirida por um privado e restaurado há ums anos.

A beira da estrada nacional 103 atrás as árvores, quando olho para a estação de muros brancos e azulejos, posso ainda imaginar o antigo comboio a sair e atravessar a Ponte Ferroviária sobre o Tâmega para levar as pessoas nas aldeias da Linha do Corgo entre Chaves e Régua.

É uma maravilha ver ainda a locomotiva, a carruagem e parte do camihnho de ferro assim preservadas do tempo mas é pena saber que sendo uma propriedade privada, não é possivel ver esta parte da nossa história local com mais proximidade.

 

Short stop by the old train station in Curalha

The Tâmega Railway Station in Curalha is one of the most well preserved old train station in the Corgo Line. Every time I would pass by it, I would want to stop. Curalha, this beautiful village has it all : a hill fort, the umbrella pine tree, the old Roman path XVII, a large fertile land for agriculture, the Tâmega river, watermills, nice houses and a church and of course the old train station who stopped running in 1990. The station was bought by a private investor and restored a few years ago.

On the road side 103 behind the trees, when I look at the station with its beautiful white and with azulejos walls, I can totally imagine the old train departing and crossing the Railway Bridge over the Tâmega to get people into the villages of the Corgo Line between Chaves and Régua.

It is wonderful to see that such a place has been preserved with the locomotive, wagon and part of the rail tracks but it is too bad because it is a private property, so it’s not possible to be closer to this part of our local history.

Estaçao de Curalha_Chaves (1) Estaçao de Curalha_Chaves (2) Estaçao de Curalha_Chaves (3) Estaçao de Curalha_Chaves (5) Estaçao de Curalha_Chaves (6) Estaçao de Curalha_Chaves (7) Estaçao de Curalha_Chaves (8) Estaçao de Curalha_Chaves (9) Estaçao de Curalha_Chaves (10) Estaçao de Curalha_Chaves (11) Estaçao de Curalha_Chaves (12) Estaçao de Curalha_Chaves (14) Estaçao de Curalha_Chaves (15) Estaçao de Curalha_Chaves (16) Estaçao de Curalha_Chaves (17) Estaçao de Curalha_Chaves (18) Estaçao de Curalha_Chaves (19) Estaçao de Curalha_Chaves (20) Estaçao de Curalha_Chaves (21) Estaçao de Curalha_Chaves (22) Estaçao de Curalha_Chaves (23) Estaçao de Curalha_Chaves (24) Estaçao de Curalha_Chaves (25) Estaçao de Curalha_Chaves (26) Estaçao de Curalha_Chaves (27) Estaçao de Curalha_Chaves (28) Estaçao de Curalha_Chaves (29)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s