Os azulejos da Estação São Bento

Sempre que venho no Porto, eu tenho que parar pela Estação de São Bento para contemplar os seus emblemáticos azulejos que continuam a deslumbrar-me.

Construída em 1906, a Estação de São Bento no Porto é uma das estações ferroviárias mais bonitas do mundo e sem dúvida a única estação que dá vontade de perder o seu comboio !  O edifício tome o seu nome do antigo Mosteiro de São Bento de Avé-Maria, demolido no final do século XIX e sobre o qual a estação foi construida.

Visto do exterior, o edifício com cobertura de vidro e ferro fundido, obra do arquiteto portuense José Marques da Silva, não passa despercebido : da sua fachada de influência francesa surge dois grandes relógios.

Dentro do edifício, o seu átrio aliás a “Sala dos Passos Perdidos” é revestido a 20.000 azulejos, o que a torna num dos maiores monumentos da azulejaria portuguesa. Os painéis de azulejos ilustram não só momentos marcantes da História de Portugal, como também a evolução dos transportes e as regiões do país.

 

The blue tiles of the São Bento railway station

Every time I visit Porto, I would stop by the São Bento railway station to contemplate its emblematic blue tiles that still impress me.

Built in 1906, the São Bento railway station in Porto is one of the most beautiful railway station in the world and surely the only station which makes you want to miss your train ! The building owes its name to the former Convent of S. Bento de Avé-Maria, demolished in the end of the 19th century and on which the station was built.

From the outside, the building with a glass and iron structure, designed by the local architect José Marques da Silva, does not go unnoticed : from its façade of French influence arises two large clocktowers.

Inside, the atrium also known as the Hall of the Lost Steps is adorned with twenty thousand blue tiles, which makes of it one of the biggest Portuguese blue tile artwork. The blue tile panels illustrate not only the outstanding moments and events of Portuguese history, but also the transport evolution and the regions of the country.

estacao-sao-bento-porto-1 estacao-sao-bento-porto-2 estacao-sao-bento-porto-3 estacao-sao-bento-porto-4 estacao-sao-bento-porto-5 estacao-sao-bento-porto-6 estacao-sao-bento-porto-7 estacao-sao-bento-porto-8 estacao-sao-bento-porto-9 estacao-sao-bento-porto-10 estacao-sao-bento-porto-11 estacao-sao-bento-porto-12 estacao-sao-bento-porto-13 estacao-sao-bento-porto-14 estacao-sao-bento-porto-15 estacao-sao-bento-porto-16 estacao-sao-bento-porto-17 estacao-sao-bento-porto-18 estacao-sao-bento-porto-19 estacao-sao-bento-porto-20 estacao-sao-bento-porto-21 estacao-sao-bento-porto-22 estacao-sao-bento-porto-23 estacao-sao-bento-porto-24 estacao-sao-bento-porto-25 estacao-sao-bento-porto-26

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s