A Adega Cooperativa de Chaves ao abandono

Notícia da elaboração do vinho em Chaves exista desde a antiguidade e as aldeias flavienses são numerosas a elaborar bom vinho mas a zona vinícola mais famosa é a de Ribeira de Oura, que inclui as povoações de Oura, Vila Verde e Vidago, a sul do concelho de Chaves.

Com o propósito de elaborar e comercializar o vinho da região, a Cidade de Chaves tem duas Adegas Cooperativas, uma em Oura e outra a 1km ao sudeste do centro entre a zona da Madalena e o Campo de Cima. Esta última, uma das mais antigas e tradicionais da região, finalmente fechou o ano passado. Não era a primeira vez que a Adega Cooperativa de Chaves estava quase a fechar às portas mas desta vez acabou. Não é nada bom sinal e mostra bem que o sector vitivinícola se encontra abandonado pouco a pouco pelo viticultores da região.

Com a minha curiosidade e porque tenho um gosto especial por locais abandonados, fui explorar este local abandonado num bonito dia de sol.

O prédio principal que ainda estava utilizado o ano pasado, está completamento fechado mas mesmo ao fundo do terreno, um outro prédio completamento abandonado desde décadas, se encontra aberto com o interior degradado e parado no tempo: escritório com antigos documentos, material, papéis, pôsteres de 1997, calendário de 1999, chaves penduradas na parede, garrafas de vinho vazias cheias de pó e teias de aranha…

E mais um local em Chaves onde a natureza retoma os seus direitos !

 

The Cooperative Winery of Chaves abandoned

Evidence of wine making in Chaves exists since the Antiquity and the local villages are numerous to make good wine but the most famous wine area is the one un Ribeira de Oura which includes the villages of Oura, Vila Verde e Vidago, in the south if the Chaves region.

With the objective of making and selling the wine of the region, the City of Chaves boasts two Cooperative Wineries, one in the village of Oura and the other 1km in the southeast of the city center between the Madalena and Campo de Cima quarters. The latter one, one of the oldest and most traditional in the region, definitely closed last year. It was not the first time that the Cooperative Winery of Chaves was about to close but this time is for good. It is a good sign and it reflects the current situation of the winery sector which is being abandoned progressively by winegrowers.

With my curiosity and because I like abandoned places a lot, I explored the place on a beautiful sunny day.

The main building which was still used last year, is completely closed but at the very end of the lot, another building has not been used for decades and is freely opened with the deteriorated interior and frozen in time: a desk with old folders, material, documents, posters dating back to 1997, a 1999 calendar, keys hung in the wall, empty wine bottles with dust and cobwebs…

Another location in Chaves where the nature takes back its rights !

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s