Vestígios romanos no Castro de Curalha

A civilização romana deixou alguns vestígios, em Curalha, nomeadamente no Castro de Curalho. Este povoado fortificado assentou, em um estratégico alto sobranceiro ao Tâmega, dominando o rio, a larga zona de terras férteis de Curalha e a antiga estrada romana de Chaves a Braga (hoje N131). O outeiro, que atinge a cota dos quatrocentos metros, destaca-se perfeitamente na paisagem circundante, sendo dominado no topo por um enorme pinheiro … Continue a ler Vestígios romanos no Castro de Curalha

O Castro de Curalha e o pinheiro-manso

A poucos quilómetros de Chaves, a aldeia de Curalha abriga numerosos vestígios do passado. A sua origem remonta à época celta cujo vestígio mais notável é o Castro da Curalha, sendo o mais bem conservado do concelho de Chaves e junto do qual existe um frondoso pinheiro manso. Testemunha da época pré-romana, o castro domina o rio Tâmega, a larga zona de terras férteis de … Continue a ler O Castro de Curalha e o pinheiro-manso

Paragem na antiga estação de Curalha

A Estação Ferroviária de Tâmega em Curalha é uma das estações antigas da Linha do Corgo mais bem preservadas. Cada vez que eu passo por aí, eu quero parar. Curalha, esta bela aldeia tem tudo por ela: um castro, o pinheiro-manso, a antiga via romana XVII, uma larga zona de terras férteis para agricultura, o rio Tâmega, moinhos, bonitas casinhas e igreja e obviamente, a … Continue a ler Paragem na antiga estação de Curalha